fbpx

Com o passar dos anos, é preciso tomar algumas providências e adotar novos cuidados para que a queda de idosos seja evitada ou que se machucando de alguma forma. Decerto, as quedas são um dos problemas que precisam ser encarados com a devida seriedade.

Afinal de contas, são inúmeros os casos de pessoas idosas que se desequilibram e caem, podendo acontecer por diversos motivos, como tontura, falta de equilíbrio, fraqueza nas articulações, bem como obstáculos no caminho.

Inegavelmente, os cuidados extra vão ajudar a diminuir essa ocorrência e com certeza podem ser uma forma de tornar a vida mais segura, além de diminuir os riscos de ferimentos – leves ou graves – na pessoa de idade avançada.

Cuidados para uma longevidade ativa – Causas das quedas de idosos

São diversos os motivos que podem levar uma queda da pessoa idosa ao chão. Para começar, é comum que nessa idade ela sinta tontura, o que pode comprometer o equilíbrio de modo geral.

Além disso, algumas pessoas desenvolvem problemas que comprometem a visão. Isso também pode ser um risco enfrentado para uma longevidade mais ativa.

Doenças como Parkinson e outros quadros que comprometem o sistema motor, como esclerose múltipla e artrose, também levam a queda. Em conformidade com isso, outros problemas que podem surgir são:

  • Sequelas deixadas por um acidente vascular cerebral (AVC);
  • Alcoolismo;
  • Medicamentos sedativos.

Para ilustrar, as ocorrências são tantas, que se estima que cerca de 50% das pessoas com mais de 80 anos já caíram ao menos uma vez – ou sofrerão com isso em breve. A melhor forma de evitar é realmente entendendo mais sobre o assunto.

Tarja convidando a acessar o guia gratuito de tendencias do mercado de longevidade

Quais são os lugares de risco dentro da casa?

De fato, existem alguns lugares que são considerados de risco, onde a ocorrência de quedas acaba sendo mais frequente. São os ambientes que demandam mais cuidados e que seguramente precisam ser projetados de modo que a pessoa idosa consiga uma mobilidade segura. São eles:

  • Banheiro – é muito comum que as pessoas idosas sofram quedas dentro do banheiro, principalmente no boxe – durante o banho.
  • Lavanderia – também deve haver uma preocupação extra, pois, assim como o banheiro, é um ambiente que costuma estar molhado e ser composto por piso escorregadio.
  • Quintal – o quintal é um problema, já que pode haver obstáculos como pedras e qualquer outra coisa no chão que acabam dificultando o caminhar.

É importante destacar que as escadas merecem uma atenção extra. Elas são muito perigosas, podendo levar a queda de idosos e, por consequência, muitas vezes a gerar ferimentos mais preocupantes.

Veja como diminuir a ocorrência de queda de idosos

Primeiramente, precisamos entender é que a queda representa um risco bem maior na época de maturidade do que em outros períodos da vida. Isso porque o corpo da pessoa idosa pode apresentar algumas fragilidades, sobretudo no que diz respeito a sua musculatura e os ossos em geral.

Por isso, qualquer queda de idosos pode resultar não apenas em torções, como também fraturas mais graves. Para prevenir essas ocorrências, conte com a sua rede de apoio, seja familiares, amigos ou pessoas externas, como descrevemos neste outro texto.

– Não deixe objetos no chão:

Para começar, não deixe brinquedos e outras coisas no chão onde exista o risco de queda de idosos. Isso é um fator agravante, que com seguramente pode levar a pessoa idosa a cair facilmente. Também evite fios e extensões atravessando o caminho.

Tarja convidando a acessar o guia gratuito de tendencias do mercado senior que todo familiar precisa saber

Retire os tapetes

É indicado que sejam removidos os tapetes, principalmente aqueles mais leves, que facilmente se enrolam. Isso pode contribuir para que a pessoa idosa caia, já que eles se embolam nos pés e comprometem o caminhar. O ideal é apostar nos tapetes de borracha antiderrapante.

Boa iluminação

Mantenha uma boa iluminação para que a pessoa da terceira idade enxergue melhor por onde ela está andando. Uma boa sugestão é apostar na iluminação que é acionada por sensor, garantindo que o ambiente sempre será iluminado quando a pessoa idosa entrar. Além disso, precisamos destacar outras cautelas, tais como:

Evite situações de risco. Não deixe que a pessoa idosa faça coisas como subir em cadeiras, etc;

Evite pisos que são muito escorregadios;

Prefira sapatos antiderrapantes;

Instale barras de apoio, inclusive no boxe;

Tenha um banco dentro do boxe para se banhar sentado, caso queira;

Deixe roupas e medicinas que são usados com frequência em locais de fácil de acesso.

Queda de idosos: O que fazer caso aconteça?

queda de idosos

Se apesar de todas as precauções a pessoa idosa ainda assim passou por uma queda grave, é importante que seja imobilizada até que um serviço de emergência chegue ao local. Ninguém deve tentar remover a pessoa idosa do local.

Devem ser checadas algumas funções, verificando, por exemplo, se a pessoa está consciente, ou se sente alguma dor ou dificuldade de mobilidade em alguma parte do corpo. Também deve-se observar se existem sangramentos.

É importante que a pessoa visite um médico, mesmo que diga não sentir dores pós queda. O melhor é reportar o caso ao médico especialista que a esteja acompanhando.

Existem casos em que a pessoa idosa passa horas caída sem ser socorrida, pois mora sozinha e ninguém sabe do que aconteceu. Uma dica é que a pessoa chame por socorro para pedir ajuda.

Uma possibilidade é que a pessoa idosa utilize um aparelho que emita algum som. Segundo esta matéria da Gazeta do Povo, foi desenvolvido por um gaúcho um aparelho que emite um alerta para os familiares quando a pessoa idosa sofre uma queda.

Nesse caso, o aparelho emite um som, que será liberado em um dispositivo localizado na casa de um responsável.

É a tecnologia agindo em favor da longevidade ativa, e sendo utilizada para que todos tenham bem-estar e conforto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Precisa de ajuda?