fbpx

Na quarentena do coronavírus, muitos se preocupam com a perda do contato social, pois sempre queremos manter conexão com as pessoas que mais amamos.

Sim, é natural sentir falta de interações sociais, passeios culturais, exercícios físicos com os companheiros e amigos de jornada.

Porém, você sabia que hoje em dia é possível promover esses encontros pela internet e de forma gratuita?

Aqui vão 4 dicas preciosas e práticas para você estimular seu familiar 60+ a usar a tecnologia para driblar a solidão durante o isolamento social. Confira!

1. Participar de festivais musicais sem sair de casa

Enquanto é necessário que as pessoas idosas fiquem reclusas em casa por conta do Covid, é super possível participar de encontros musicais digitais.

Sim! Veja como é simples: o portal de notícias G1 divulgou alguns exemplos desses festivais.

Um deles foi o #TamoJunto no canal Jornal O Globo, que aconteceu dia 22 de março, com diversos artistas consagrados da música brasileira. Veja quanta interatividade:

 

Neste canal também há um vídeo de diversos atores e atrizes indicando livros para se ler durante a quarentena do coronavírus. Veja só:

E as novidades não param por aí. Existem shows internacionais também.

Um deles foi promovido pela OMS (Organização Mundial da Saúde), com a curadoria da estrela pop Lady Gaga. 

Eles terão como objetivo  principal arrecadar fundos para combater a COVID-19.

Nessa notícia da Globo.com, veja quantos grandes nomes mundiais da música já se voluntariaram. Entre eles: Paul McCartney, Elton John, Lizzo, Stevie Wonder, John Legend, Chris Martin (vocalista do Coldplay) e Eddie Vedder.

Esse exemplo shows virtuais em série se chama “One World: Together At Home” (“Um Mundo: Juntos em Casa”, em Português) e começou em 18 de abril, sendo transmitido simultaneamente pelo YouTube, Instagram, Facebook e Twitter.

Mesmo que já tenha passado, é possível assistir a gravação no YouTube e ter atenção sobre o que está acontecendo nas semanas atuais.

2. Assistir incríveis apresentações de circo durante a quarentena

Uma das maiores companhias circenses do mundo (senão a maior), o Cirque Du Soleil, disponibilizou 67 minutos de apresentações incríveis. 

Segundo o jornal O Globo, são compilados de três espetáculos: “Kurios: Cabinet of curiosities” (de 2014), “O” (desde 1998 em cartaz no hotel Bellagio, de Las Vegas) e “Luzia” (2016). 

Incentive seu familiar idoso a acompanhar este lindo espetáculo de ângulos exclusivos – nem ao vivo é possível experimentá-los:

Pelo YouTube, você pode e vai encontrar muitas lives para a quarentena. Com certeza, vai relaxar bastante e até aproveitar esses tempo com a família.

3. Fazer cursos online e aprenda coisas novas

E para se sentir mais conectado socialmente ainda, a próxima dica que damos é: estimule seu familiar 60+ a aprimorar seus conhecimentos.

Nós sabemos que a rotina muda durante a quarentena do coronavírus, Por isso, algo que vai fazer muito bem nesta quarentena do coronavírus é participar de cursos online sobre os mais diversos temas.

E se engana quem acredita que os idosos não estão abertos a participar de aulas online. Segundo uma pesquisa realizada pela empresa Intergerações, 53% das pessoas 60+ com acesso a internet já participaram de alguma aula online durante a quarentena.

Você pode, por exemplo, incentivar que o seu familiar aprenda artesanato com esse canal “Show de artesanato”. Neste vídeo, a instrutora ensina a decorar panos de prato reciclando tecidos e retalhos:

Outra opção são cursos online específicos para aprender a usar na prática aplicativos de grande interesse entre os idosos, como Whatsapp, Instagram e (pasme) Tinder.

Existem empresas sérias que criaram metodologias assertivas para o público 60+, respeitando o ritmo de aprendizado e com materiais de apoio que ajudam (e muito!) em consultas posteriores quando naturalmente surgem algumas dúvidas.

Veja também a possibilidade de aprender sobre gastronomia neste canal de culinária italiana com diversas receitas deliciosas como esta: “Receita feita na Itália do Spaghetti a Carbonara”:

Essa gravação é de uma brasileira que vive na Itália. Ela ama cozinhar e fazer vídeos ensinando receitas direto da fonte. Vale muito a pena conhecer.

Além disso, aprenda outras línguas. O Mais Línguas Idioma é um canal no YouTube que possui vídeos gratuitos ensinando vários idiomas, como o inglês, o espanhol e o alemão. Confira:

Até aqui, vimos formas de se manter a conexão social através do conhecimento e da cultura durante o período de isolamento social do coronavírus.

Agora, a próxima dica é para ajudar os familiares idosos a se sentirem acolhidos e conectados pelas pessoas amadas. Confira!

4. Programar uma agenda de vídeo chamadas

Uma grande preocupação atualmente é com a falta de companhia na quarentena, como filhos, netos, sobrinhos e amigos “distantes”.

Mas isso pode ser resolvido por meio da tecnologia. Existem diversos aplicativos de conversa que permitem chamadas de vídeo, inclusive com mais de uma pessoa.

Então, para seu familiar se sentir amparado com frequência, nós indicamos algumas dessas ferramentas super fáceis de baixar e usar.

homem sênior usando o celular durante quarentena do coronavirus

Uma delas é o Skype, da Microsoft. Você só precisa de um e-mail ou de um número de celular para fazer ligações gratuitas por chamada de vídeo, com uma ou várias pessoas ao mesmo tempo.

Uma outra opção é o Google Meet. Se você tiver uma conta no Google, basta acessar pelo celular ou pelo computador e fazer essas chamadas de vídeo também.

Viu só quantas opções para seu familiar matar a saudade de quem ama? Agora é ó se organizar e programar uma agenda de chamadas de vídeo.

Enquanto a quarentena durar, encoraje seu familiar idoso a aproveitar seu tempo com essas dicas que nós passamos aqui.

Esperamos que elas possam ajudar mesmo para o cultivo de seu bem-estar durante esse período desafiador!

Leituras para entender como funcionam cursos focados em idosos sobre aplicativos do dia a dia:

 

banner 14 dados sobre consumo de tecnologia para idosos
Menu